SINCROFORTE GnRH - 20 ML - OURO FINO

SINCROFORTE GnRH - 20 ML - OURO FINO

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 73,00
ou R$ 69,35 à vista (com 5,00% de desconto no Itaú Shopline)
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

bula

Fórmula:
Cada 10 mL de solução injetável contém:
Acetato de buserelina............................................0,042 mg(*)
Veículo aquoso q.s.p.............................................10,00 mL
(*) equivalente a 0,04 mg de buserelina

Indicações:
SINCROFORTE (acetato de buserelina) é um hormônio sintético análogo ao GnRH. O GnRH é um hormônio produzido pelo hipotálamo que estimula a hipófise anterior a secretar de LH (hormônio luteinizante) e FSH (hormônio folículo estimulante). A buserelina é indicada para:

BOVINOS E BUBALINOS
- Protocolos reprodutivos na indução da ovulação e luteinização de folículos (através da ação do LH).
- Incremento da fertilidade (aumento dos índices de concepção) na inseminação artificial.
- Tratamento de transtornos de fertilidade de origem ovariana: cistos foliculares, atraso na ovulação e anestro.

EQÜINOS
- Indução da ovulação e sincronização do tempo da ovulação e da monta.
- Transtornos císticos dos ovários.
- Incremento da fertilidade (aumento dos índices de concepção).

 

Dosagem:
Vacas: 0,01 a 0,02 mg/ 2,5 a 5,0 mL
Búfalas: 0,01 a 0,02 mg/ 2,5 a 5,0 mL
Éguas: 0,04 mg/ 10 mL


Vacas e Búfalas
Protocolos reprodutivos de inseminação artificial e sincronização de cio na indução da ovulação e luteinização de folículos: aplicar 2,5 mL de SINCROFORTE.
Para tratamento de cistos foliculares: aplicar 5 mL de SINCROFORTE, geralmente 8 dias após a aplicação já se pode comprovar a presença de um corpo lúteo. Se após 14 dias não se verificar a presença do corpo lúteo ou se aparecerem novos cistos, é necessário repetir o tratamento. Após a detecção do corpo lúteo, ou após 8 dias do tratamento pode-se proceder a aplicação de uma prostaglandina, ou agente luteolítico para retorno a ciclicidade. O esquema “Ovsynch” também é indicado para tratamento de cistos foliculares.

Éguas
Para indução da ovulação, e sincronização de cio aplicar 10 mL quando, após a palpação for detectado folículo com tamanho maior que 35 mm.
Para incremento da fertilidade: 10 mL em dose única 12 dias após a inseminação ou a critério do médico veterinário.
Para tratamento de cistos foliculares: aplicar 10 mL. Geralmente 14 dias após a aplicação já se pode comprovar a presença de um corpo lúteo. Caso isso não ocorra, é necessário repetir o tratamento. Após a detecção do corpo lúteo, ou após 14 dias do tratamento pode-se proceder a aplicação de uma prostaglandina, ou agente luteolítico para retorno a ciclicidade.

Administração:
Aplicar SINCROFORTE preferencialmente pela via intramuscular. Também podem ser utilizadas as vias subcutânea e intravenosa.

Precauções:
Uso exclusivo em animais.
Utilizar agulhas e seringas esterilizadas, observando as boas práticas de assepsia.
Aplicar a dose recomendada. Somente o médico veterinário está apto a fazer alterações nas dosagens.
A resposta da utilização de hormônios, com finalidade de sincronização do cio, depende do bom estado corporal em que o animal se encontra e da ausência de causas de baixa fertilidade como doenças reprodutivas e endócrinas.
Para tratamento de cistos foliculares não é necessário comprimi-los antes da aplicação do produto.

Contra-indicações e limitações de uso
Não utilizar medicamentos com o prazo de validade vencido.
Não utilizar em animais que apresentem hipersensibilidade a qualquer um dos componentes do produto.

Reações Adversas
O produto não apresenta reações adversas quando administrado dentro das recomendações indicadas.

Período de Carência
Não há período de carência para carne e leite de animais tratados.



Conservar o produto na embalagem original, em local seco e fresco, entre 5oC e 30oC, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do médico veterinário.

 

Apresentação:
frasco de vidro contendo 10 mL e 20 mL

Classe Terapêutica:
HORMÔNIOS/SIMILARES

Princípio(s) Ativo(s):
ACETATO DE BUSERELINA

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
9.399 em 24/06/2008

Responsável Técnico:
Dr. Fausto Eduardo Fonseca Terra - CRMV: CRMV-SP 10.300

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca