Melancia Verena –1.000 sementes – Feltrin

Melancia Verena 1.000 sementes Feltrin

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 308,33
6 x de R$ 51,38 sem juros
ou R$ 292,91 à vista (com 5,00% de desconto no Boleto)
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descrição:

A Melancia Verena é Híbrido F1, tipo Crimson Sweet, com sementes, plantas vigorosas e produtivas, frutos com ótima uniformidade de formato e tamanho e excelente qualidade.
 

vantagens e características:

Planta: Vigorosa e produtiva.
Fruto: Tamanho e formato uniformes, coloração verde com estrias verde-escuro.
Peso do fruto: 10-12 kg.
Tolerância: F2.
Ciclo (colheita): 75-85 dias.

VANTAGENS DA CULTIVAR:
Altamente produtiva e de excelente qualidade interna e externa de frutos, polpa vermelho intenso e textura crisp. Indicado para cultivo em todas as regiões do Brasil, nas principais épocas, com destaque para as regiões Nordeste, Norte e Sul.
 

sugestões agronômicas:

Clima: A melancia se desenvolve nos locais onde o período de crescimento das plantas e da maturação dos frutos coincide com dias longos e noites quentes, com temperaturas médias na faixa de 23 a 28º C. A planta é muito sensível a geadas, sendo seu crescimento vegetativo paralisado com temperaturas abaixo de 12ºC. Umidade elevada prejudica os frutos e temperaturas superiores a 35 °C prejudicam a floração e a frutificação.
Plantio: O plantio poderá ser feito de diferentes formas, sendo: através de semeadura direta, em covas de 40×40x40cm, com espaçamento de 2,5 m × 2m. Produção de mudas em bandejas, onde com transplante de mudas, em torno de 12 dias pós-semeadura, colocando-se 1-2 mudas, por cova.
Tratos Culturais: Na ausência de chuvas, a irrigação deve ser feita a cada três dias, até a frutificação, seguindo-se daí uma vez por semana até a colheita. Cuidado com as capinas, pois é comum atingir a planta e suas raízes superficiais. Quando os frutos atingirem 10 cm de diâmetro, descarte frutos defeituosos, chochos, mantendo apenas dois ou três por planta.
Polinização: As flores masculinas e femininas localizam-se separadamente na mesma planta. Cada flor permanece aberta por apenas um dia. A abertura ocorre de uma a duas horas, após o aparecimento do sol e o fechamento, à tarde. A polinização é realizada por abelhas, normalmente pela manhã. A presença de abelhas durante a fase de florescimento é fundamental para aumentar o pegamento dos frutos e a produtividade e para diminuir o número de frutos defeituosos. Recomenda-se evitar pulverizações com inseticidas durante a fase de florescimento, principalmente pela manhã, e instalar colmeias próximo à cultura, quando houver poucas abelhas no local.
Espaçamento: 2,5 x 3,0 m x 1,5 a 2,0 m.
Recomendação de calagem:
Calagem: Aplicar calcário para elevar a saturação por bases a 70% e o teor de magnésio a um mínimo de 9mmolc/dm3.
Adubação orgânica: Aplicar de 20 a 40 t/há de esterco de curral curtido, ou 5 a 10 t/ha de esterco de galinha curtido, cerca de 30 dias antes da semeadura.
Adubação mineral de plantio: De acordo com a análise de solo.
Adubação mineral de cobertura: Utilizar de 50 a 100 kg/há de N e 50 a 100 kg/há de K20, dividindo essas doses em três aplicações, aos 15, 30 e 50dias após a emergência das plântulas. As quantidades maiores ou menores dependerão da análise de solo, foliar, cultivar utilizando e produtividade esperada.

 
 

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca