HOMEOBOVIS CARRAPAT 100 - CONTROLE DE CARRAPATOS - 600 GRAMAS - REAL H

Homeobovis Carrapat 100 - Controle De Carrapatos - 600 Gramas - Real H

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 7,50
ou R$ 7,12 à vista (com 5,00% de desconto no Itaú Shopline)
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descrição:

Carrapat 100 é um produto homeopático, indicado no controle de carrapatos em bovinos. Sem contraindicações, sem riscos à saúde em caso de superdosagem e Ausência total de toxidez
 

vantagens de uso:

Ao ‘’parasitarem’’ animais de sangue quente os carrapatos desenvolveram uma série de mecanismos, no sentido de ‘‘. Burlar o sistema inato de defesa dos hospedeiros”. Estes mecanismos são veiculados através da sua saliva que contém substâncias anticoagulantes imunossupressoras, etc. Como decorrência estes parasitas possuem uma série de mecanismos de autodefesa inespecífica semelhantes aos dos animais superiores, não possuindo mecanismo de imunidade específica. A relação hospedeiro/parasita que foi sendo estabelecida ao longo do tempo, durante milhares de anos tem seu equilíbrio dependente de variáveis ambientais, do manejo (intensificação, estresse etc....) e da genética de cada indivíduo do rebanho.
É possível observar “formas intermediárias ou instares” murcharem, ou modificarem sua coloração normal, como decorrente da reação do organismo bovino através do sistema inespecífico ‘‘despertado’’ pela ação estimulatória do produto. A ação do Carrapat 100, no caso dos carrapatos em bovinos, ocorre pelo estímulo das defesas INESPECÍFICAS do hospedeiro e aparentemente, não parece interferir de modo direto na fertilidade dos carrapatos, mas age interferindo em sua alimentação e desenvolvimento. Desta forma ocorrerá oviposição com eclosão, porém ao longo do tempo, cada vez em números mais reduzido.
É importante salientar que a fase de parasitismo dos carrapatos no hospedeiro é CURTA (média 30 dias) ao passo que sua fase de vida livre é muito longa o que é se torna um complicador para seu controle além das larvas do parasita serem ¨clima dependentes¨. Calor e umidade intensos favorecem sobremaneira a eclosão dos ovos e o ataque de formas jovens nos bovinos. Estes ‘‘ataques’’ por vezes são muito intensos e podem superar a capacidade de resistência orgânica dos animais. O fornecimento constante do produto permite obter uma situação de equilíbrio entre a população de carrapatos na propriedade e em decorrência disto também se obtém redução no uso de produtos químicos convencionais, promovendo-se gradualmente um ajuste ecológico e uma diminuição da resistência dos carrapatos às drogas, melhorando sua eficácia quando se tornar necessário seu uso.
A situação das propriedades rurais varia de acordo com o histórico do manejo nutricional, da genética, da ambiência e do tempo de uso maior ou menor de pesticidas/carrapaticidas. Existem diferenças da resposta e em determinadas situações (estratégicas) devem ser utilizadas doses maiores Carrapat 100 e eventualmente quando necessário a realização de banhos carrapaticidas estratégicos apenas nos animais mais sensíveis e mais carrapateados. 
Está indicado em propriedades com gravíssimos problemas de resistência e deve ser utilizado como auxiliar dentro de um programa amplo de controle, até que a ecologia da propriedade se restabeleça, quando pode ser associado, em sequência Parasit 100, maior controle de carrapatos e moscas do chifre.
 

composição:

Rhipichephalus microplius 6 CH; Rhipichephalus microplius 9 CH; Ferrum metallicum 9 CH; Cinchona officinalis 6 CH; Aceticum acidum 7 CH; Millefolium 7 CH; Dieffenbachia seguinte 9CH; Thymulina 6 CH;Sulfur 9 CH; Veículo qsp 1000g.
 

modo de uso e dosagens:

Bovinos de Leite: em leiterias onde ocorre o problema de forma repetida e intensa, devido à resistência das cepas de carrapatos aos produtos convencionais, assegurar através de rações e suplementos proteicos, a ingestão mínima de 30 a 50 g/cab/dia, divididas em duas vezes. Obtida a diminuição da intensidade do parasitismo (60 a 90 dias), reduzir para 20g/animal/dia divididas em duas vezes, mantendo até o final da lactação. Nas vacas secas e nas novilhas fornecer 15 g/animal/dia. 

Bovinos de Corte: através da incorporação de 10% (3kg do produto para 30kg de suplemento mineral ou protéico). Garantindo o consumo mínimo de 100g da mistura final/cab/dia. Utilizar palatabilizantes quando necessário

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca