GRAMIZAP IMAZAPIR 1 LT - CONTROLE DE TIRIRICA

Gramizap Imazapir 1 Lt - Controle De Tiririca

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 49,00
ou R$ 46,55 à vista (com 5,00% de desconto no Boleto)
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descrição:

O Gramizap é um herbicida seletivo indicado para controle e eliminação de ervas daninha de folhas largas e Cyperaceas (tiririca) em gramados de folhas estreitas, sem prejudicar as demais plantas ornamentais de seu jardim.

FISPQ: CITR0004

indicação:

GRAMIZAP HERBICIDA IMAZAPIRO Gramizap é um produto indicado para controle e eliminação das ervas daninhas de folhas largas e tiriricas, sem prejudicar o gramado.
Deve-se pulverizar o Gramizap sobre a grama molhando bem as plantas invaasoras. O resultado é observado após 20 dias da aplicação do Gramizap, quando as plantas indesejáveis começarem a amarelar.

composição:

Imazapir 0,26% - 2-(4-isopropyl-4-methyl-5-oxo-2-imidazolin-2-y0nicatinic acid

modo de uso e dosagem:

A aplicação do Gramizap deve ser feita  preferencialmente no final da tarde. Quando cortada a grama, o produto deve ser aplicado no mínimo 3 dias após o corte.

Não deve ser utilizado o produto  durante período de grande estiagem ou em períodos de frio intenso.

Dose de Aplicação:
Utilizar 35ml da solução de produto pronto por m², em jardinagem amadora.

A CITROMAX RECOMENDA:
Após 45 dias da aplicação do Gramizap a Citromax  recomenda que seja feita uma adubação do gramado para que este possa recuperar a parte da grama que estava abatida pela interferência das ervas daninhas, uma vez que o Gramizap  apenas irá combater as plantas invasoras.    

primeiros socorros:

Levar o acidentado para um local arejado. Retirar as roupas contaminadas. Lavar as partes do corpo atingidas com água em abundância e sabão. Se o acidentado estiver inconsciente e não respirar mais, praticar respiração artificial ou oxigenação. Encaminhar ao serviço médico mais próximo levando esta FISPQ ou rótulo do produto.
Inalação:
Se inalado em excesso, remover a vítima para local arejado e mantê-la quente e em repouso. Se a vítima não estiver respirando, aplicar respiração artificial. Se a vítima estiver respirando, mas com dificuldade, administrar oxigênio. Evite a aplicação do método boca a boca. Procurar assistência médica imediatamente, levando esta FISPQ ou rótulo do produto.
Contato com a pele:
Remova a roupa contaminada e lave imediatamente as partes atingidas com bastante água e sabão. Em caso de irritação ou se apresentar sintomas de intoxicação, procurar assistência médica imediatamente, levando esta FISPQ ou rótulo do produto.
Contato com os olhos:
Em caso de contato com os olhos, lave imediatamente com água corrente em abundância, durante 15 minutos, mantendo as pálpebras abertas / afastadas. Retirar lentes de contato, se presentes. Usar de preferência um lavador de olhos. Se a irritação persistir, procurar assistência médica imediatamente, levando esta FISPQ ou rótulo do produto.
Ingestão:
Lave a boca com água. Provoque vômito. É possível que o vômito ocorra espontaneamente não devendo ser evitado, deite o paciente de lado para evitar que aspire resíduo. ATENÇÃO: nunca dê algo por via oral para uma pessoa inconsciente. Procurar um médico imediatamente levando esta FISPQ ou rótulo do produto.
 
Quais ações devem ser evitadas:
Evitar a administração de medicamentos sem o acompanhamento médico. Não provocar vômito e administrar nada via oral se a pessoa estiver inconsciente.
 
Proteção para os prestadores de primeiros socorros:
Evitar contato direto com o produto durante o processo.

antídoto:

Não há antídoto específico, o tratamento deve ser sintomático e de suporte, lavagem estomacal, purgantes salinicos, oxigênio e respiração artificial. Remova o paciente da fonte de exposição. Proceder esvaziamento gástrico quando se tratar de ingestão significativa e recente (até 2 horas), com a pessoa consciente. Pode-se administrar carvão ativado para adsorção do produto se a dose ingerida não for significativa, dispensando as demais medidas de descontaminação gástrica. Pacientes com intoxicação por via oral devem ser observados cuidadosamente para o possível desenvolvimento de irritação ou queimaduras no esôfago ou trato gastrintestinal. Se estiverem presentes sinais ou sintomas de irritação ou queimaduras no esôfago, considere a endoscopia para determinar a extensão do dano. Lavagem gástrica deve ser considerada em ingestões no período máximo de 2 horas. Administre carvão ativado (240 ml de água / 30 g de carvão ativado). Dose usual: 25 a 100 g em adultos e adolescentes, 25 a 50 g em crianças (1 a 12 anos), e 1g / Kg em crianças com menos de 1 ano de idade.

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca
Mobile - Desktop