EKYFLOGYL - 250 ML - CEVA

Ekyflogyl - 250 Ml - Ceva

Aproveite, ainda temos 2 itens no estoque
R$ 115,00
2 x de R$ 57,50 sem juros
ou R$ 109,25 à vista (com 5,00% de desconto no Itaú Shopline)
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descrição

Estados inflamatórios e dolorosos de todas as lesões externas, atuando principalmente nas inflamações músculo-esqueléticas, traumáticas ou infecciosas

bula

Fórmula:
Cada 100mL contém:
Prednisolona (Acetato).......................0,20g
Lidocaína (Cloridrato).........................1,00g
Dimetilsulfóxido...............................88,00mL
Água destilada q.s.p.....................100,00mL

Ekyflogyl é indicado no combate aos estados dolorosos às manifestações inflamatórias de origem imune e não imune para todas espécies animais cujos produtos não sejam destinados ao consumo humano.

Aparelho locomotor: artrites, bursites, contusões, estiramentos, luxações, miosites traumáticas e eosinofílica, nevrites, reumatismos, tendinites, osteoartrites e osteites.

Aparelho circulatório: edemas.

Modo de Usar:
Aplica-se cuidadosamente com a mão, protegida por luva plástica, ou pincel de cerdas macias, uma camada não muito espessa de Ekyflogyl sobre a área afetada, duas a três vezes ao dia. Recomenda-se aplicar um curativo oclusivo com gaze ou tecido levemente umedecido com o próprio produto. Enfaixar com atadura crepe e prender aos bordas com esparadrapo.

Os curativos oclusivos aumentam a absorção percutânea de corticosteróides e concentam o medicamento nas áreas onde é mais necessária. Continuar o tratamento até a cura, desde que não seja prolongado por mais de 12 dias.

Precauções:
Evitar o contato do produto com os olhos e as mucosas. Após uso, lavar as mãos com água e sabão.

Contraindicação:
Deve-se evitar o uso de preparações com corticosteroides nos quadros infecciosos agudos, especialmente em curativos oclusivos, face suas ações imunossupressoras.
Quando utilizados em quadros infecciosos não agudos, deve-se associar o tratamento a antibióticos bactericidas em detrimento dos bacteriostáticos. Em geral os corticosteroides são contraindicados nas infecções virais e no final da prenhez, quando podem induzir o parto. O produto é contraindicado para felinos (gatos).
O DMSO possui potencial teratogênico, não sendo recomendado seu uso nos 3 primeiros meses de prenhez.

Carência:
Este produto não deve ser aplicado em equinos destinados ao abate para o consumo humano.

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca