Dorax - Doramectina 1% - 500ml - Agener

Dorax - Doramectina 1% - 500ml - Agener

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 115,00
2 x de R$ 57,50 sem juros
ou R$ 109,25 à vista (com 5,00% de desconto no Boleto)
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descrição:

Indicado para o tratamento e controle de parasitas, Dorax é um medicamento injetável à base de doramectina a 1%, especialmente desenvolvido para bovinos e ovinos.

O produto pode ser utilizado tanto contra parasitas internos quanto parasitas externos, combatendo verminoses gastrointestinais e pulmonares, carrapatos, piolhos e ácaros (sarnas).

Por ser à base de doramectina, Dorax se diferencia das outras opções disponíveis no mercado como um potente endectocida. Pertencente ao grupo das avermectinas, a alternativa se destaca por ter uma ação concentrada e mais duradoura, se espalhando facilmente pela pele do animal tratado.

Seu rápido e poderoso efeito nos tecidos infectados asseguram a eficácia do produto por longos períodos, sem provocar reações no ponto de aplicação.

 

O medicamento pode ser aplicado em animais jovens, fêmeas prenhas, machos em reprodução e, até mesmo, em animais debilitados, sendo ainda uma das principais recomendações para a prevenção de miíases (bernes e bicheiras) após castrações, descornas e demais procedimentos cirúrgicos.

 

indicações:

Bovinos:

DORAX 1 % é indicado no controle das formas adultas e larvas de 4º estágio dos seguintes nematódeos gastrintestinais: Ostertagia ostertagi (incluindo larvas hipobióticas), Haemonchus placei, Trichostrongylus axei, T. colubriformis, Cooperia oncophora, C. punctata e Oesophagostomum radiatum. Também é indicado no controle das formas adultas de Haemonchus contortus, H. similis, Trichostrongylus longispicularis, Cooperia pectinata, Bunostomum phlebotomum, Strongyloides papillosus e Trichuris spp., bem como no controle de formas adultas e larvas de 4º estágio do nematódeo pulmonar Dictyocaulus viviparus. DORAX 1 % também é indicado no controle de ectoparasitos de bovinos tais como bernes (larvas de Dermatobia hominis), piolhos (Linognathus vituli, Haematopinus eurysternus, Solenoptes capillatus), ácaros da sarna (Psoroptes bovis), na prevenção das bicheiras (larvas de Cochliomyia hominivorax) e como auxiliar no controle de carrapatos (Boophilus microplus).

Ovinos:

DORAX 1 % é indicado no controle de formas adultas dos seguintes nematódeos gastrintestinais: Haemonchus contortus, Trichostrongylus axei, T. colubriformis, Cooperia oncophora, C. punctata e Nematodirus spathiger. DORAX 1 % também é indicado na prevenção das miíases (bicheiras) causadas por Cochliomyia hominivorax, bernes (larvas de Dermatobia hominis), “bicho-da-cabeça” (larvas de Oestrus ovis) e ácaro da sarna (Psoroptes ovis)

composição:

Cada 100 mL contém:

Doramectina ..........................................1,0 g
Veículo ..........q.s.p.................................100,00 mL
 

posologia e modo de usar:

Bovinos:

Deve-se administrar em dose única, por via subcutânea ou intramuscular, 0,2 mg de doramectina por kg de peso corporal, ou seja, 1 mL de DORAX 1 % para cada 50 kg de peso, de acordo com a tabela a seguir. A aplicação deve ser feita na região do pescoço na área de pele solta na frente ou atrás da paleta (via subcutânea) ou no pescoço (via intramuscular).
 
Ovinos:

Deve-se administrar em dose única, por via subcutânea ou intramuscular, 0,2 mg de doramectina por kg de peso corporal, ou seja, 1 mL de DORAX 1 % para cada 50 kg de peso, de acordo com a tabela a seguir. A aplicação deve ser feita na região da axila, onde não há lã (via subcutânea) ou na anca (via intramuscular).
Para o tratamento dos ácaros da sarna em ovinos, deve-se administrar 0,3 mg/kg de doramectina por kg de peso corporal, ou seja, 1 mL para cada 33 kg de peso.
 

período de carência:

Recomenda-se que os bovinos cuja carne seja destinada ao consumo humano somente sejam abatidos 34 dias após a última administração do produto.
 
Recomenda-se que os ovinos cuja carne seja destinada ao consumo humano somente sejam abatidos 35 dias após a última administração do produto.
 

contraindicações:

O produto não deve ser administrado a vacas leiteiras com 20 meses de idade ou mais. O produto não deve ser utilizado em bezerros destinados a vitela.
 

precauções:

Siga as práticas usuais de assepsia para injeções subcutâneas e intramusculares.
Em áreas de alta incidência de infecções por Clostridium, recomenda-se a vacinação dos animais quando são utilizados produtos injetáveis.
Evite fumar, comer ou beber durante a administração do produto.
Lave as mão após o manuseio.
 

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca