VIRBAMEC L.A. - IVERMECTINA 1% - VIRBAC - 500

VIRBAMEC L.A. - IVERMECTINA 1% - VIRBAC - 500

R$ 72,68
ou R$ 69,05 à vista (com 5,00% de desconto no Itaú Shopline)
Quantidade

Produto Indisponível

Avise-me quando chegar

Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descricao

 

Antiparasitário para bovinos e suínos à base de ivermectina.

Virbamec® L.A. é indicado para o controle e tratamento de vermes redondos (gastrintestinais e pulmonares) sensíveis à ivermectina, bernes, piolhos, ácaros agentes da sarna e como auxiliar no controle de carrapatos.

É indicado também na prevenção de bicheiras nas feridas de castração.

A ação prolongada de Virbamec® L.A. protege o animal contra reinfecções por muito mais tempo. 

bula

Fórmula:

Cada 100 mL do produto contém
Ivermectina...................1 g
Veículo.........q.s.p......100 mL

Posologia:

Virbamec® L.A. deve ser aplicado em bovinos por via subcutânea, sob a pele solta na frente ou atrás da escápula. Em suínos, por via subcutânea ou intramuscular, na região do pescoço. Usar agulha de 1/2 a 3/4, respeitando-se as condições habituais de assepsia.

Bovinos: administrar a dose de 200 mcg de ivermectina/kg de peso corporal, o que corresponde a 1,0 mL de Virbamec® L.A. para cada 50 kg de peso corporal.

Suínos: administrar a dose de 300 mcg de ivermectina/kg de peso corporal, o que corresponde a 1,0 mL de Virbamec® L.A. para cada 33 kg de peso corporal.

Propriedades:

Virbamec® LA é um antiparasitário para bovinos e suínos à base de ivermectina, uma descoberta química de características específicas, largo espectro de ação, ampla margem de segurança e conveniência de uso, em um novo veículo que confere ao produto ação prolongada, permitindo maior intervalo entre aplicações, tornando-o ideal para o controle das parasitoses de bovinos e suínos.

Uma pequena dose controla eficazmente os parasitas internos e externos sensíveis à ivermectina que comprometem a saúde e a produtividade das criações. Virbamec® LA proporciona um maior período de proteção contra reinfecções pelos parasitas e assim evita a aplicação de reinjeções que seriam necessárias para obter mais proteção com uma formulação convencional, além de evitar o estresse da manipulação extra dos animais, que aumentam a disseminação de enfermidades e perda de peso.

O princípio ativo elimina vermes gastrintestinais e pulmonares sensíveis à ivermectina. Nos vermes redondos, a ivermectina estimula a liberação do GABA (ácido gama-aminobutírico) nos terminais nervosos, promovendo sua fixação a receptores localizados nas respectivas junções, interrompendo assim os impulsos nervosos. Isso provoca a paralisia e consequentemente a morte dos parasitas.

Ácaros e piolhos sofrem um efeito semelhante devido ao efeito do GABA, mas o impulso nervoso é interrompido entre o terminal nervoso e o músculo. O princípio ativo não atua significativamente sobre fascíolas e tênias, devido ao fato do GABA não ser um neurotransmissor para estes parasitas.

O princípio ativo não atravessa facilmente a barreira do sistema nervoso central de mamíferos, onde o GABA atua como neurotransmissor. 

Efeitos Colaterais:

Algum desconforto e formação de pequenos edemas no ponto de aplicação podem ocorrer. Estes efeitos são passageiros e não requerem nenhum tratamento.

Contraindicações: 

O produto não é recomendado para uso em vacas leiteiras durante o período de lactação, quando o leite produzido se destina ao consumo humano.

Precauções: 

Em bovinos, administrar exclusivamente pela via subcutânea.
Usado corretamente, o produto controla o desenvolvimento de bicheiras provocadas por larvas de Cochliomya hominivorax.
Quando os animais já estiverem infestados pela bicheira, aplicar matabicheiras de uso tópico, específico.
Não fumar nem comer durante o manuseio do produto.
Lavar as mãos após a aplicação do produto.
Produtos injetáveis podem provocar o aparecimento de clostridioses. Recomenda-se que previamente à aplicação de qualquer produto injetável seja feita uma vacinação contra bactérias do gênero Clostridium, nas regiões onde haja histórico deste tipo de infecção.
Embalagens vazias e/ou restos de produto devem ser enterrados ou incinerados.
 

Período de carência:

Bovinos e suínos: somente abater animais para consumo humano 42 dias após a última aplicação do produto.

Validade: Julho/2018
 

Licenciado no Ministério da Agricultura sob o n.° 4.974 em 09/01/1995.
 

Responsável Técnico:
Valdir Carlos Avino - CRMV: SP 6.711

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca