STABLELAB - Detecte Inflamações e infeções em Equinos – Zoetis

STABLELAB - Detecte Inflamações e infeções em Equinos – Zoetis

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 6.900,00
6 x de R$ 1.150,00 sem juros
ou R$ 6.555,00 à vista (com 5,00% de desconto no Boleto)
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descrição:

STABLELAB, detecta inflamações e infecções com precisão antes mesmo de aparecem os sintomas nos Equinos.

Stablelab por Zoetis é um aparelho portátil e fácil de usar que detecta e quantifica em apenas 10 minutos a Proteína Amilóide A Sérica (SAA), o biomarcador mais confiável do processo inflamatório em equinos.
Com isso, o teste de sangue possibilita detectar uma doença, avaliar quadros antes que se tornem um verdadeiro problema e monitorar a resposta ao tratamento ou a evolução clínica do caso em questão.

A história do Stablelab:
 
Inventor do Stablelab:
Doutor Heinrich Anhold propôs-se a criar testes laboratoriais para atendimento dos cavalos em qualquer lugar.
Mais informativo que a Contagem de Leucócitos: Inicialmente, Heinrich começou a desenvolver um teste para contagem de leucócitos no estábulo, mas após dois anos de pesquisa ele percebeu que as proteínas inflamatórias são mais informativas do que as tradicionais contagens de leucócitos na identificação de cavalos doentes.
O SAA não é como o teste tradicional de fibrinogênio:
A SAA é um biomarcador mais preciso que o fibrinogênio como indicador de infecção. Tanto o tempo de resposta quanto a redução após a infecção diminuir são mais rápidos para o SAA.

 

o que é saa?


Segurança:  SAA é mais eficiente que marcadores sanguíneos tradicionais como indicador de prognóstico normal vs. Anormal.
Precisão: SAA pode ser utilizado para distinguir somente a inflamação da inflamação com  infecção.
Confiabilidade:  A medição do SSA é um biomarcador extremamente confiável em cavalos.
Acurácia: 30x mais sensível que termômetro e melhor que testes de laboratório tradicionais.
 

o que o stablelab é capaz de fazer:

Avalia os casos de se tornarem um verdadeiro problema.
Detecta inflamações e infecções com muito mais precisão.
Monitora a evolução clínica do animal ao longo do tratamento.


 

como funciona:

DIAGNÓSTICO PRECISO ONDE VOCÊ ESTIVER
30 vezes mais sensível que o termômetro e melhor que os tradicionais testes de laboratório, Stablelab por Zoetis detecta inflamações e infecções em 10 minutos e ainda monitora a evolução clínica, evitando que pequenas alterações se tornem grandes problemas.

Por ser portátil e fácil de usar, permite que você realize diagnósticos precisos até mesmo no estábulo.

A medição da Proteína Amilóide A Sérica (SAA) com Stablelab por Zoetis pode detectar infecções, frequentemente, antes que os sinais clínicos apareçam. Em cavalos saudáveis, os níveis de SAA no sangue são muito baixos. Com condições infecciosas, o SAA aumenta rapidamente e permanece elevado até que a infecção diminua.
 

como utilizar:

Stablelab é fácil de ser incluído na rotina do dia a dia.


 
ATENÇÃO PRIMÁRIA E AMBULATORIAL:

Guarde o Stablelab por Zoetis em sua maleta de atendimento e use no campo;

Sempre que você usar antibióticos: primeiro teste com Stablelab, quantifique a infecção e então monitore a resposta ao tratamento ao longo do tempo.

MAIS EMBASAMENTO PARA CUIDAR DE QUALQUER CASO

Você conhece esses casos?
Doenças respiratórias | Celulite | Febre de origem desconhecida | Hemorragia pulmonar induzida por exercício | Diarreia | Peritonite | Febre pós-transporte | Baixa performance | Interação medicamentosa | Infecções generalizadas | Artrite séptica | Garrotilho
 
HOSPITAL DE REFERÊNCIA:

- Use Stablelab como parte de seu banco de dados clínico mínimo no momento da admissão para avaliação do animal;

- Cheque infecções subclínicas antes da cirurgia;

- Monitore a resposta ao tratamento ao longo da internação.

SOLUCIONE OCORRÊNCIAS ANTES QUE SE AGRAVEM

Você conhece esses casos?
Doenças infecciosas | Checagem pré e pós-operatória | Doenças respiratórias | Cuidado intensivo neonatal | Cuidado em momentos críticos | Diarreia | Garrotilho
 
REPRODUÇÃO:

- A prenhez, o parto e o período neonatal são fases de alto risco para os equinos;

- Use Stablelab para identificar patologias antes que se tornem um problema.
 
A SEGURANÇA QUE VOCÊ PRECISA EM MOMENTOS CRÍTICOS
 
Você conhece esses casos?
Exame do potro recém-nascido | Pneumonia | Rotavírus | Síndrome do mal ajustamento | Rhodococcus equi | Nascimento de proto prematuro | Diarreia | Garrotilho | Placentite | Infecções generalizadas | Infecções umbilicais | Metrite pós-parto.


 
 

perguntas frequentes:

O que é o SAA?

Proteína Amilóide A Sérica (SAA) é um biomarcador não específico produzido pelo organismo, predominantemente no fígado, em resposta a uma infecção. O SAA se forma como parte da resposta inflamatória da fase aguda. Ele pode indicar a gravidade da infecção e como o organismo está lidando com isso.
 
Por que o organismo produz SAA?

Ainda não sabemos por que o organismo produz SAA. Pode ser parte do combate à infecção, ou pode simplesmente ser uma proteína sinalizadora.
 
Qual é a meia-vida do SAA?

A meia-vida do SAA é estimada em 24 horas. Isso significa que ele reduz em 50% a cada 24 horas após a produção parar.
 
O SAA distingue infecções virais e bacterianas?

Os níveis de SAA não são distinguíveis entre uma infecção viral e uma infecção bacteriana. Alguns estudos demonstraram que o SAA aumenta mais quando há infecções bacterianas. No entanto, não há um valor de corte conhecido que possa ser usado para distinguir as infecções virais das bacterianas.
 
Com que rapidez o SAA se eleva quando há inflamação aguda?

A produção de SAA começa quase imediatamente e pode ser detectada no sangue periférico dentro de 6 a 12 horas, dependendo da gravidade da infecção.
 
O SAA aumenta com inflamação não infecciosa?

Quando a inflamação tem causa não infecciosa, o SAA normalmente não é produzido. No entanto, em alguns casos não infecciosos, uma pequena quantidade de SAA pode ser produzida. Embora exceções possam ocorrer, o valor de corte conhecido para distinguir as condições inflamatórias infecciosas e não-infecciosas é de 50 _g/ml*.
 
Posso usar o SAA para distinguir as inflamações infecciosas e não infecciosas?
 
Sim. O SAA é um indicador confiável da inflamação causada por infecção. Este marcador pode ser usado para distinguir as inflamações infecciosas das inflamações não infecciosas.
 
Posso diagnosticar o tipo de infecção com base no valor de SAA?
 
Não. O SAA é um biomarcador não específico de inflamação infecciosa. Embora um veterinário possa reconhecer padrões e tendências de elevação em certas doenças, o SAA não pode ser usado isoladamente para diagnosticar tipos específicos de doenças.
 
O SAA irá subir em resposta a traumas?
 
O SAA normalmente não é afetado por trauma, desde que não haja componente infeccioso. No entanto, algumas cirurgias, como castrações e cirurgia de cólica, podem causar um aumento temporário do
SAA.
 
Os níveis de SAA são afetados se o cavalo foi vacinado recentemente?
 
Sim. As vacinas normalmente causam elevação do SAA por 3 a 4 dias.

Qual tubo de sangue eu preciso usar?

O Stablelab foi projetado para ser usado no estábulo durante o seu exame clínico. A amostra mais comumente usada é aquela de sangue fresco total, direto da seringa. Sangue coletado em tubos contendo EDTA, heparina de lítio ou citrato de sódio também pode ser utilizado.

Até quanto tempo pós-coleta o sangue pode ser analisado?

Recomendamos o teste de SAA com Stablelab em até 12 horas após a coleta da amostra.
 

Compre Junto

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca