FLUNIXIN INJENTÁVEL - 50 ML - CHEMITEC

Flunixin Injentável - 50 Ml - Chemitec

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 50,88
ou R$ 48,34 à vista (com 5,00% de desconto no Itaú Shopline)
Quantidade
Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descrição

Flunixin Injetável Chemitec® é um anti-inflamatório não esteroide, não narcótico que apresenta potente ação analgésica, antitérmica e anti-endotóxica. É indicado para equinos, bovinos, suínos e caninos, para o tratamento da dor (inclusive cólica), febre e processos inflamatórios.

bula

Fórmula:
Cada 100 mL contém:
Megluminato de flunixina...............................8,3 g*
Veículo, q.s.p............................................100 mL
*Equivalente a 5,0 g de flunixina.

Indicações:
Flunixin* Injetável Chemitec é um antiinflamatório não esteróide, não narcótico que apresenta potente ação analgésica, antitérmica e anti-endotóxica. É indicado para eqüinos, bovinos, suínos e caninos, para o tratamento da dor (inclusive cólica), febre e processos inflamatórios.

Eqüinos:
- nas cólicas: alívio imediato da dor visceral eqüina evitando auto-lesões.
- nos distúrbios músculo-esqueléticos: alívio da dor e controle da inflamação nas afecções do aparelho locomotor (distensões e claudicações).
- na dor pós-traumática ou pós-operatória.

Bovinos:
- nos distúrbios músculo-esqueléticos do aparelho locomotor.
- na dor pós-traumática ou pós-operatória.
- na paresia pós-parto (vaca caída, febre vitular) onde apresenta excelente grau de eficácia.
- nas mastites ambientais, tóxicas e hiperagudas, como terapia complementar (baixa a febre, a inflamação e alivia a dor).
- na diarréia do bezerro recém-nascido.
- tratamento auxiliar nos processos infecciosos, principalmente no Complexo Respiratório Bovino, atuando como antiinflamatório, antitérmico e analgésico (baixa a febre e estimula o bovino a alimentar-se normalmente).

Suínos:
- nos distúrbios do aparelho locomotor com presença de inflamação e dor (coxeadura).
- no síndrome MMA (mastite-metrite-agalaxia).
- na dor pós-traumática ou pós-operatória.

Caninos:
- tratamento de inflamações oculares: redução da inflamação pós-cirúrgica, uveíte anterior, ceratite e conjuntivite.
- choque endotóxico.
- distúrbios músculo-esqueléticos como artrose, discopatias, miosites.
- dor pós-traumática e pós-cirúrgica.

Dosagem:
Aplicar por via intramuscular ou intravenosa.

A dose recomendada é de 1,1 mg de flunixina/kg de peso corporal para eqüinos, 1,1 a 2,2 mg de flunixina/kg de peso corporal para bovinos, 1 mg/kg de peso corporal para caninos e 2,2 mg/kg para suínos.

Eqüinos:
- alívio da dor associada à cólica: 1 mL de Flunixin Injetável Chemitec / 45 kg de peso corporal por via intravenosa. Repetir o tratamento se as cólicas reaparecerem.
- distúrbios músculo-esqueléticos: 1 mL de Flunixin Injetável Chemitec / 45 kg de peso corporal, por dia, durante 5 dias por via intramuscular ou endovenosa.

Bovinos:
- na diarréia do recém-nascido: 2 a 3 mL de Flunixin Injetável Chemitec por bezerro, por via intramuscular ou intravenosa. 
- nas outras afecções: 2 mL de Flunixin Injetável Chemitec / 45 kg de peso corporal, por via intramuscular ou intravenosa.

Suínos:
- distúrbios do aparelho locomotor: 2 mL de Flunixin Injetável Chemitec / 45 kg de peso corporal, por dia, durante 1 a 3 dias.
- síndrome MMA: 2 mL de Flunixin Injetável Chemitec / 45 kg de peso corporal, via intramuscular profunda ou intravenosa, por dia. Repetir o tratamento após 12 horas.
Caninos: 0,2 mL / 10 kg por dia durante 3 dias por via endovenosa ou intramuscular.

Administração:
via intra muscular ou endovenosa

Precauções:
INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: - Não administrar em conjunto com outras drogas antiinflamatórias não esteróides. Não deve ser administrado em conjunto com anestésicos à base de metoxifluorano e drogas nefrotóxicas.

CONTRA INDICAÇÕES:
- Respeitar as indicações de dose e duração do tratamento.
- Não aplicar por via intra-arterial.
- Não administrar em gatos.
- Aplicar com precaução em animais com ulceração gastrintestinal ou com desordens renal, hepática ou hematológica preexistentes.
- Não usar em touros utilizados na reprodução.
- Recomenda-se evitar o uso da droga em fêmeas prenhes ou empregar com máxima precaução e supervisão do Médico Veterinário.

EFEITOS COLATERAIS: Vômito, diarréia e gastrite podem ocorrer após tratamento.
Se estes persistirem, a medicação deve ser suspensa.

PERÍODO DE CARÊNCIA:
- Não fazer uso em vacas lactantes ou em vacas secas.
- Os animais só devem ser abatidos para consumo humano após 4 dias do último tratamento.
- Não utilizar em bezerros a serem processados para vitela.
 

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca