+55 (67) 3321-6800
Olá visitante, faça seu
Olá visitante, faça seu
VETECOR 5000 U.I - GONADOTROFINA HCG

VETECOR 5000 U.I - GONADOTROFINA HCG

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
1 x de R$ 89,00 sem juros
R$ 89,00
ou R$ 84,55 à vista (com 5% de desconto no Boleto)
Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$ 89,00
ou R$ 84,55 à vista (com 5,00% de desconto no Boleto)
Quantidade

Consulte frete e prazo de entrega

Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?

descricao

 

O único HCG com Manitol. Se trata de um excelente diurético, auxiliando e otimizando a ação e a excreção do produto. Como tem excelente diurese diminui a possibilidade de insuficiência renal, insuficiência hepática e possibilidade de resistência do produto pelo organismo.

bula

Fórmula:
Cada ampola de liofilizado contém:

Gonadotrofina Coriônica Humana (HCG) ....... 5000 U.I.

Manitol ...................................................... 20mg



Diluente:

Cloreto de sódio .......................................... 18mg

Água para injetáveis ...................................... 2mL





 

VETECOR é uma preparção estéril e liolilizada de Gonadotrofina Coriônica Humana, elaborada pela placenta nos primeiros meses de gestação, durante a qual sua eliminação se dá por via urinária. 


 

O HCG é coletado da urina de mulheres grávidas mediante técnica de extração, purificação e estandarização, que consiste em obtê-lo a um elevado grau de pureza, tendo a preparação injetável uma ótima tolerabilidade, seja local ou geral. 


 

A Gonadotrofina Coriônica Humana desenvolve na fêmea uma ação prevalentemente luteinizante, favorecendo a ovulação, od esenvolvimento e a manutenção do corpo lúteo. Nos machos, a Gonodotrofina Corioônica Humana estimula as células intersticiais do testículo à produção de endógenos, favorecendo deste modo a evolução das características sexuais. Espécie animais: equinos, bovinos, suínos, ovinos e caprinos.


 

 

Indicações:
 

Fêmeas: para induzir a ovulação, no caso de estro prolongado ou cio silencioso ou associado ao FSH para indução do estro. Para induzir a luteinização do folículo e manutenção do corpo lúteo, no caso de subfertilidade devido à função luteínica insuficiente e no caso de cisto ovariano, associado ou não à ninfomania.


 

Machos: no caso de produção insuficiente de testosterona por parte do testículo, com conseqüente diminuição da libido.

Dosagem:
 

Fêmeas:


 

Éguas: Indução da ovulação, em casos de estro prolongado: 1500 U.I. (0,6mL) a 3000 U.I. (1,2mL). Repetir eventualmente o tratamento, após 24 horas se necessário.


 

Anestro: associando-se a um tratamento anterior com FSH-2000 U.I. (0,8mL0 a 3000 U.I (1,2mL). Repetir, se necessário, após 24 horas.


 

Vacas: indução da ovulação nos casos de falta ou atraso da ovulação : 1000 U.I (0,4mL) a 3000 U.I. (1,2mL). Repetir após 24 horas, se necessário.


 

Tratamento de cisto folicular, (mais ou menos) associado ou não à ninfomania: 5000 U.I. (2mL) a 10000 U.I. (4mL) em uma única administração ou em 2 doses, repetidas após 12 horas.


 

Hipoinfertilidade devido a função luteínica insuficiente: 1000 U.I. (0,4mL) a 1500 U.I. (0,6mL) no dia seguinte à fecundação.


 

Porcas: Indução da ovulação no caso de anestro: 100 U.I. (0,04mL) a 500 U.I.(0,2mL) com tratamento prévio com FSH.


 

Ovelhas e cabras: indução da ovulação em caso de anestro: 100 U.I. (0,04mL) a 500 U.I. (0,2mL) com tratamento prévio com FSH.


 

Cadelas: indução da ovulação em casos de anestro, com tratamento prévio com FSH: 250 U.I. (0,1mL) a 5000 U.I. (0,2mL), no primeiro dia de estro.


 

Indução da ovulação no caso de estro prolongado: 250 U.I. (0,1mL) a 500 U.I. (0,2mL). Repetir se necessário após 24 horas.


 

Gatas: Indução da ovulaçã: 250 U.I. (0,1mL) a 500 U.I. (0,2mL) no primeiro dia do estro. 


 

 


 

Machos:


 

Garanhões: no caso de criptorquidismo inguinal: 1500 U.I. (0,6mL) a 5000 U.I. (2mL) duas vezes por semana, por 4 a 6 semanas.


 

Estimulo da produção de testosterona, no caso de diminuição da libido: 1500 U.I. (0,6mL) 2 vezes por semana, durante 4 a 6 semanas.


 

Suínos, carneiros e bodes: estímulo de testosterona, nos casos de dimunuição da libido: 500 U.I. (0,2mL). Repetir o tratamento 2 vezes por semana durante 4 a 6 semanas.


 

Touros: nos casos de criptorquidismo inguinal: 1500 U.I. (0,6mL) a 5000 U.I. (2mL). O tratamento deve ser repetido 2 vezes por semana, por 4 a 6 semanas.


 

Estimula da produção de testosterona, no caso de diminuição da libido: 1500 U.I. (0,6mL). Repetir o tratamento 2 vezes por semana durante 4 a 6 semanas.


 

Cães: no caso de criptorquidismo inguinal: 100 U.I. (0,04mL) a 250 U.I. (0,1mL). O tratamento é repetido 2 vezes por semana durante 4 a 6 semanas. 


Alterações na posologia a critério do Médico-Veterinário. 


Administração:

Via intramuscular ou endovenosa.
 

Precauções:
PERÍODO DE CARÊNCIA


 

Atenção: Obedecer aos seguintes períodos de carência: BOVINOS, OVINOS E CAPRINOSAbate: Carência zero, a carne dos animais tratados poderá ser consumida a qualquer momento após o uso do produto. Leite: Carência zero, o leite dos animais tratados poderá ser consumido a qualquer momento após o uso do produto. SUÍNOS E EQUINOSAbate: Carência zero,  carne dos animais tratados poderá ser consumida a qualquer momento após o uso do produto. A utilização do produto em condições diferentes das indicadas nesta bula pode causar a presença de resíduos acima dos limites aprovados tornando o alimento de origem animal impróprio para o consumo.


Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos. 

 

Venda sob prescrição obrigatória e aplicação sob orientação do Médico-Veterinário.

Indique a um amigo

Preencha os campos abaixo e clique em Indicar Produto.
A sua indicação será enviada para o e-mail especificado.

Avaliar produto

Preencha seus dados, avalie e clique no botão Avaliar Produto.
Muito Ruim Ruim Bom Muito Bom Excelente

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca