LOGIN/CADASTROMEUS PEDIDOSTelefone da Agroline (67) 3321-6800ATENDIMENTO
MEU CARRINHO0 produtos
Ampliar

CONCEPTAL

Esgotado Mais INTERVET
Produto temporariamente indisponível
 
procurar cep
Preços válidos somente para compras concretizadas pela internet. Em caso de divergência, o preço válido é o do carrinho de Compras.

Descrição

Solução aquosa, pronta para uso, de um hormônio liberador  sintético (burserelina) que estimula a secreção dos hormônios luteinizantes (LH) e foliculoestimulante (FSH) do lóbulo anterior da hipófise 
É indicado para terapêutica dos transtornos da fertilidade de origem ovariana, indução da ovulação e incremento do índice de concepção em vacas, éguas, coelhas, porcas e peixes ornamentais.

Bula

 

Fórmula

Cada 10 mL contém:

Acetato de buserelina .................................................0,042 mg  
(Correspondente a 0,04 mg de buserelina) 
Veículo q.s.p. .....................................................................10 mL

Indicações

Solução aquosa, pronta para uso, de um hormônio liberador  sintético (burserelina) que estimula a secreção dos hormônios luteinizantes (LH) e foliculoestimulante (FSH) do lóbulo anterior da hipófise. É indicado para terapêutica dos transtornos da fertilidade de origem ovariana, indução da ovulação e incremento do índice de concepção em vacas, éguas, coelhas, porcas e peixes ornamentais.

Modo de Usar

Aplicar de preferencia por via intramuscular. Também poderá ser aplicado em injeções endovenosas ou subcutâneas, sob orientação do médico veterinário. Tratando-se de peixes, a aplicação é via intramuscular.

Posologia 

Vacas 
Transtornos da fertilidade de origem ovárica: 
• Casos foliculares com ou sem sintomas de ninfomania ......................................................... 5,0 mL 
• Aciclia ou Anestro .........................................................................................5,0 mL 
• Ovulação retardada .........................................................................................2,5 mL 
• Incremento do índice da concepção na inseminação artificial e também depois da sincronização do cio.........2,5 mL


Éguas 
• Transtornos císticos dos ovários, com ou sem cio prolongado ou permanente ...........................10,0 mL 
• Aciclia (2 doses de 5 mL em 24 h) ...................................................................10,0 mL 
• Indução de ovulação .................................................................................10,0 mL 
• Para melhorar o índice de concepção .................................................................10,0 mL

Coelhas
• Para melhorar o índice de concepção ..........................0,20 mL 
• Indução de ovulação na IA (pós-parto) .......................0,20 mL

Leitoas e Porcas 
• Para a indução de ovulação em leitoas e porcas após a sincronização do cio .............. 2,5 mL

Peixes
• Nas femêas (matrizes e reprodutoras) para facilitar a atração entre os sexos opostos, nas condições de desova e redução da mortalidade, devido à aglutinação dos ovos................................................................... 0,75 a 1,0 mL/Kg peso 
• Nos machos, para melhorar a atração sexual................................0,05 a 0,10 mL/Kg peso

Instruções

VACAS:
Não é preciso comprimir os cistos foliculatres ao submetê-las ao tratamento. Dentro dos 8 dias seguintes à aplciação doCONCEPTAL® já se pode comprovar, geralmente, com toda a clareza, um corpo lúteo. Paralelamente pode produzir-ze a luteinização ou involução dos cistos. 
Se aos 10 a 14 dias de aplicação não se notar corpos lúteos ou se surgirem novos cistos, será preciso repetir o tratamento. 
A inseminação ou a monta poderão ser realizadas no próximo cio que geralmente se apresenta aos 20 dias após o tratamento. 
Para incrementar o índice  de concepção, é recomendável injetar simultaneamente 2,5 mL de CONCEPTAL®.

Aciclia ou anestro 
Se 10 a 12 dias após o tratamento a vaca não apresentar cio, deverá ser efetuado um exame de controle. O tratamento deverá ser repetido quando se comrpovar que os ovários não entraram em funcionamento. No caso de ser diagnosticado um corpo lúteo, deverá ser administrada uma prostaglandina luteolítica para induzir o cio. Caso contrário, deverá ser esperado o começo do cio natural que se apresentará, o mais tardar 10 a 14 dias após. Não se recomenda a aplicação de conceptal em vacas quando comprovado um corpo lúteo e não forem notados os sintomas externos do cio. 
A ovulação retardada pode ser tratada  durante a inseminação e a monta até 6 horas antes; geralmente a ovulação se desencadeará  no transcurso das 24 horas após o tratamento. 
O incremento do índice de concepão é obtido mediante a fixação  exata do tempo da ovulação. Também neste caso oCONCEPTAL® deverá ser aplicado durante a inseminação ou até 6 horas antes.

Éguas:
Geralmente basta uma só aplicação para combater os transtornos císticos dos ovários. Será preciso repetir o tratamento quando passados 10 a 14 dias e não se comprovar resultados positivos, isto é, o desaparecimento dos cistos e a suspensão do cio prolongado ou permanente.

Aciclia ou anestro 
A aplicação do CONCEPTAL® deverá ser repetida 11 a 12 dias após a primeira injeção nas éguas que não tenham entrado em cio nos 10 primeiros dias. Nas éguas sem cio, deve pressupor-se a existência de um corpo lúteo de difícil diagnóstico clínico. Neste caso, é aconselhável a administração de prostaglandina luteolítica. 
Para a indução da ovulação o CONCEPTAL® deverá ser administrado, se possível, pouco antes da próxima ovulação, isto é, nas éguas de cio curto no 2º ou 3º dia e nas éguas de cio prolongado no 7º ou 8º dia. A adminsitração no princípio do cio garante o êxito do tratamento. 
Geralmente a evolução se desencadeará de 24 a 36 horas depois do tratamento. Repetir a aplicação se a égua não ovular dentro deste período.

Coelhas:
Para incrementar o índice de concepção, o CONCEPTAL® deverá ser aplicado durante a inseminação ou monta. 
Dentro do programa de inseminação pós parto o CONCEPTAL® poderá ser aplicado já nas 24 horas após o parto, e logo após proceder a inseminação.

Suínos: 
Utulizar CONCEPTAL® nas seguintes condições: 
  
• Sincronização de ovulação em fêmeas multiparas (porcas) Após o desmonte e indução do cio gonadotrofina, injetar • para indução de ovulação, seguido pro duas inseminações artificiais. 
• Indução da puberdade em primíparas (leitoas). Como prática, a puberdade é induzida com gonadotrofinas. Após 20 dias, o cio é sincronizado pelo uso da prostaglandina. Um dia após o seu uso, portanto no dia +21, novamente utiliza-se gonadotrofinas para estimular o crescimento folicular. 
• Sincronização da ovulação em primíparas (leitoas). Três dias após a aplicação da gonadotrofinas, o • é injetado para indução da ovulação,seguido por duas inseminações  às 24 horas e 40 horas pós-tratamento. 

Peixes Ornamentais:
A aplicação é por via intramuscular, 2 cm abaixo da linha lateral dorsal posterior.

Restrições de Uso

Não utilizar em peixes destinados ao consumo humano.

Apresentação

Fxrasco-ampola de vidro com 10 mL e 50 mL. 

 

 

 

Avaliação dos Clientes

Avalie Este Produto

Avaliação: Classifique o produto
Formas de Pagamento
Visa, Master, American Express, Diners, Elo, Boleto Bancário
Redes Sociais
     
© 1997 - 2014 - Agroline Produtos Agropecuários. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. As fotos aqui veiculadas, logotipo e marca são de propriedade do site www.agroline.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial, sem a expressa autorização da administradora do site.
Criação Plataforma